A TRESPA E A SUSTENTABILIDADE

MATERIALIZAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE. A sustentabilidade não é algo que se sonha, mas algo que se faz. Trata-se de atuar. É por isso que a Trespa toma sempre medidas que proporcionam vantagens para o ambiente, o nosso negócio, empresa e clientes. É assim que melhoramos e materializamos continuamente a sustentabilidade. Na Trespa a sustentabilidade é um assunto de senso comum, uma abordagem factual e completa integração no planeamento de negócios. Não se trata de alcançar um impacto zero no processo de produção, mas da durabilidade e de uma abordagem da criação ao fornecimento que permita a reintrodução dos materiais e produtos no ciclo de produção, para criar produtos novos e ainda melhores.

SUSTENTABILIDADE POR DENTRO

A nossa política de sustentabilidade baseia-se numa motivação profunda de mudar o paradigma de “menos prejudicial” ao ambiente para “bom” e criar novo valor.

Não prejudicar. Cumpriremos os regulamentos e diretrizes de segurança, produtos e sustentabilidade estabelecidos pelos países nos quais opera. Estamos focados em materializar oportunidades que minimizem o impacto ambiental das nossas operações e produtos.

Fazer bem. Iremos apoiar os nossos fornecedores e clientes na concretização dos seus desafios de sustentabilidade. As propriedades ambientais dos produtos da Trespa são mencionadas nas EPD (Declarações de Produtos Ambientais) disponíveis no mercado. Continuaremos a procurar oportunidades e iniciativas para apoiar e promover a sustentabilidade a longo prazo para além do âmbito direto das nossas operações atuais.

Fazer melhor. Acreditamos que o investimento na sustentabilidade será benéfico para a posição da empresa a longo prazo. Vários desafios de sustentabilidade constituem também oportunidades que permitirão à empresa continuar a expandir o seu negócio.

Durability

ABORDAGEM PRÁTICA

A materialização da sustentabilidade requer uma visão realista, uma abordagem prática e integrada em toda a empresa. Definimos 3 princípios que moldam a nossa maneira de pensar e agir:

Senso comum. Temos uma abordagem de senso comum ao tema da sustentabilidade. Acreditamos que a sustentabilidade é um ato de equilíbrio entre o “impacto zero” e a funcionalidade. Por outras palavras, significa trabalhar para reduzir os impactos sem perder de vista a funcionalidade.

Abordagem factual. Acreditamos que não é possível gerir o que não se consegue medir. A abordando à sustentabilidade e proteção ambiental começa com a quantificação dos impactos. Através da metodologia de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), medimos três indicadores ambientais chave: pegada de água, aquecimento global e a procura de energia primária.

Parte integrante do Planeamento de Negócios e do Ciclo de Revisão. Definimos as nossas prioridades com base em estudos ACV e em metas realistas, mas desafiadoras. Todas as nossas iniciativas de sustentabilidade foram integradas no nosso planeamento de negócios evolutivo e ciclo de revisão.

OS IMPULSIONADORES DA SUSTENTABILIDADE HPL

O principal impulsionador da sustentabilidade: Durabilidade. A durabilidade representa o ponto de partida da nossa estratégia de sustentabilidade. Quanto mais tempo o produto dura, maior será o período de tempo para dispersar o impacto ambiental associado à produção de matérias-primas e ao processo de fabrico. Ao efetuar menos substituições, os produtos duradouros implicam uma menor utilização de recursos, menos emissões de agentes poluentes e menos resíduos, comparando com produtos de vida curta.

A qualidade excecional dos nossos produtos é o resultado desta visão, dado que são, por definição, materiais muito resistentes e duradouros.

Desenvolvimento da durabilidade: abordagem da criação ao fornecimento. Pretendemos desenvolver a durabilidade tornando o fabrico dos nossos produtos progressivamente mais sustentável, através da redução dos impactos decorrentes do período criação-fornecimento do ciclo de vida dos nossos materiais – desde a extração das matérias-primas à porta da nossa fábrica.

O QUE FIZEMOS ATÉ AGORA

As nossas Aprendizagens e Progressos. Nos últimos anos, fizemos um grande esforço para adotar uma abordagem sustentável, medindo e melhorando os nossos impactos ambientais. O nosso percurso em direção à sustentabilidade começou em 2010, e desde então, implementámos várias atividades de melhoria, com o objetivo de reduzir a energia consumida e os resíduos gerados na fábrica, tais como: a substituição de motores elétricos que consomem muita energia em vários locais; a substituição de toda a iluminação por lâmpadas LED de baixo consumo e a instalação de sensores de deteção em áreas com menor circulação; a substituição das bombas de vácuo de alto consumo no departamento de prensa por um sistema Venturi mais eficiente; a adoção de uma nova caldeira a vapor mais eficiente ao invés da antiga.

A análise de contribuição. Cada etapa da produção dos laminados contribui de forma diferente para o impacto ambiental total dos nossos laminados. A figura seguinte mostra a contribuição das principais etapas de fabrico (como uma percentagem do impacto total da produção de materiais). Tal contribuição é por a sua vez dividida (gráficos circulares) na parcela atribuível ao processo de produção em si (energia e água consumidas, resíduos produzidos e emissões geradas no local) e aquela devida aos materiais utilizados.

Global Warming
 

O QUE O FUTURO RESERVA: MAPA DE SUSTENTABILIDADE PARA 2022

Prolongamento da vida útil: o programa “Trespa Second Life”. À luz dos benefícios ambientais originados pelo prolongamento da vida útil, decidimos lançar o programa “Trespa Second Life”. Os painéis exteriores Trespa® Meteon® vendidos ao abrigo deste programa-quadro serão recolhidos e reutilizados após desmontagem, em vez de serem eliminados.

environmental impact
 

Alvos da Criação ao Fornecimento. Nos próximos 5 anos, planeamos implementar uma série de atividades e projetos que irão provavelmente reduzir o nosso impacto ambiental (em comparação com os resultados de 2015) da seguinte forma:

  • Aquecimento global: 8 %
  • Procura de energia primária: 4 %
  • Pegada de água: 5 %

Envolver os nossos Acionistas. O nosso objetivo é incentivar os nossos acionistas a adotar uma abordagem consistente à sustentabilidade. Formações e atualizações periódicas serão ministradas à nossa administração de topo, equipa de I&D, coordenadores de produção e departamento de vendas; a nossa filosofia e abordagem de sustentabilidade serão explicados a todos os novos colaboradores.

Melhorar o nosso Modelo de ACV. A qualidade dos dados está na vanguarda das nossas prioridades. Nos próximos 5 anos, pretendemos obter dados dos nossos fornecedores de produtos químicos e papel. Ao mesmo tempo, iremos envidar esforços contínuos para aumentar a exatidão dos dados recolhidos na nossa fábrica.

Redução do impacto da criação ao fornecimento. Estamos a fazer um grande esforço para reduzir a quantidade de energia necessária para produzir os nossos laminados, com o objetivo de minimizar o consumo de gás natural em 20 % nos próximos 5 anos, através da otimização cuidadosa do processo de fabrico de HPL. De forma a concretizar isto, está a ser implementado um rigoroso plano de monitorização da energia em todos os departamentos de produção.

Além disso, iremos aumentar o uso de aparas de madeira em vez de mais papel consumidor de energia, afetando – e reduzindo – o impacto associado à produção de matérias-primas.

Documents
Materializing Sustainability V5.0
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v5.0
Descarregar555.23 KB
Sustainability Position Paper Trespa
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v4.0
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v3.0
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v3.0
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v2.0
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v2.0
Descarregar292.19 KB
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v1.0
Trespa Documento de Posição de Sustentabilidade v1.0
Descarregar258.83 KB